Renner, nas nuvens com Oracle

Notícias relacionadas a Oracle, banco de dados, tecnologia, segurança, etc.
  

Mensagemem Qui, 09 Dez 2010 9:01 am

A Lojas Renner, segunda maior rede varejista do setor de vestuário, calçados e perfumaria do país, com faturamento de R$ 2,8 bilhões em 2009, está apostando em cloud computing com a Oracle.

O ERP E-Business Suíte está em fase de migração para os data centers da Oracle. Com a solução de varejo Oracle Retail System, o processo começa no início de 2011.

"Nossa TI preza processos de negócio. O que temos de assumir é entregar o que o negócio precisa, sempre. A parte técnica é com o fornecedor, e isso este novo contrato de cloud nos garante", explicou o diretor de Tecnologia e Processos da rede, Leandro Balbinot, durante o Oracle Open World, nesta quarta-feira, 08, em São Paulo.

Neste projeto, entra na jogada também a indiana HCL, que a partir de seu Centro de Dellivery Global, em São Leopoldo, presta consultoria para otimização de desempenho dos ambientes Retail e E-Business.

Encerrada a migração destes dois sistemas, entrará em avaliação o movimento também de sistemas legados para o mesmo modelo, mas esta é uma questão ainda delicada.

"É preciso ver se vale a pena passar para o fornecedor a infraestrutura de um sistema que conheço muito melhor do que ele", analisa Balbinot. "Entretanto, há coisas que valem a migração. Nossa base de cartões de crédito, por exemplo, hoje conta com 16 milhões de unidades cadastradas, e tudo isso está dentro de casa", complementa.

Para o diretor de Tecnologia, a computação on demand é uma nova era já instaurada. "Se fosse começar a montar a infraestrutura de TI de uma empresa hoje, faria tudo em cloud", aposta ele.

Uma visão que vai de encontro ao modelo de gestão de TI da Renner, focado em processos, não em sistemas, o que culminou, com a adoção do BI Oracle Essbase, em ainda outro passo no gerenciamento da área dentro da varejista: a gestão por exceção.

"Nosso objetivo é criar ordens de serviço, ao invés de listagens de dados. Antes, usávamos soluções Microstrategy, Cognos, SPSS e EPB. As informações de clientes e produtos, por exemplo, eram separadas. Hoje, tudo está integrado em um único ambiente Oracle", explica Sonia Bertini, da área de TI - Soluções da Renner.

Conforme a executiva, esta estrutura de business inteligence desintegrada era herança de um cenário anterior, quando a rede abrangia muito menos lojas e o cliente interno podia fazer a análise detalhada de cada coisa.

Devido à a expansão da rede, isso deixou de ser possível. Com a primeira fase, de unificação da base de dados, concluída, agora a Renner trabalha em um redesenho de arquitetura da TI baseada no Essbase, com integração de hardware e software, cujo piloto começa a ser testado pela área de compras da empresa.

A conclusão desta fase está prevista para janeiro de 2011.

"É o que irá nortear um novo modelo, para esta área, de gestão por coleção. Hoje, trabalhamos com seis marcas próprias, reunindo milhares de itens. Será possível aos colaboradores deste setor avaliar como está a saída de cada produto, onde é mais vendido, entre outros recursos", ressalta Sonia.

Para 2011, também está na fila de projetos da TI da Renner a implantação da gestão por exceção nas áreas de compras e de lojas.

http://www.baguete.com.br/noticias/software/08/12/2010/renner-nas-nuvens-com-oracle
dr_gori
Localização: Seattle, WA, USA

Thomas F. G


Voltar para Notícia

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes